POLITICAS PUBLICAS X POLITICAS PARTIDARIAS…

Ola a todos agora que ja entendemos um pouco como funciona o governo Federal, Estados e Prefeituras, vamos começar a entender a diferença entre Politicas Publicas e Partidarias.

Bom deveria ser facil de entender afinal o que é PÚBLICO é de interesse de TODOS, e PARTIDÁRIA está relacionada diretamente a PARTIDO POLÍTICO.

A política partidária no passado foi uma conquista para que exercesse a democracia pois a sociedade tem o direito de ter seus anseios representados por pessoas da própria sociedade, mas com o passar do tempo essas pessoas escolhida pela sociedade passou a atender a uma minoria que participam de interesses individuais em comum em relação a maioria, a omissão e a falta de interesse da maioria fez com que se perde-se a finalidade principal de sua existência a defesa dos direitos da sociedade em todas as áreas.
Na verdade o que deveria ser que as políticas publicas são as discussões mais importante pois ela representa o coletivo na busca de um bem comum.

Mas infelizmente, POR FALTA DE PARTICIPAÇÃO E ENTENDIMENTO, o que prevalece são as POLÍTICAS PARTIDÁRIAS, principalmente nos períodos eleitorais, onde os interesses INDIVIDUAIS se sobrepõem aos interesses COLETIVOS, e pela falta de entendimento a MAIORIA da sociedade é MANIPULADA, e o resultado é SEMPRE NEFASTO à MAIORIA não conveniada.
Desta forma o PODER, que deveria ser do POVO, passa a ser de uma MINORIA, altamente organizada e buscando interesses individuais, e o patrimônio público passa a ser lapido e os investimentos nas áreas mais importantes da sociedade não são realizados.

Então as POLÍTICAS PÚBLICAS são “maquiadas”, com obras, na maioria das vezes, não de interesse coletivos, mas sim puramente FINANCEIRO, onde parte dos recursos destinados a realização da obra SÃO DESVIADOS, através do SUPERFATURAMENTO, e vão diretamente alimentar a CORRUPÇÃO.

E grande parte destas POLÍTICAS PÚBLICAS ATUAIS é tangível, isto é, fácil de ver aos olhos da sociedade, como praças, calçadas e banheiros públicos, e os investimentos em saneamento básico, educação e saúde, não são PRIORIDADES, por que não são vistas aos olhos dos eleitores, isto é, são INTANGÍVEIS, e desta forma, NÃO DÃO VOTOS, e então NÃO SÃO PRIORITÁRIAS.

Um exemplo disso são as Casas de Cultura na Cidade de São Paulo, pelo menos as localizadas em regiões ao extremo da Cidade, não recebem oficinas periódicas no máximo por 4 meses quando recebem, o que deveria acontecer pois elas existes principalmente com essa função, mais acredito que não dão tanta visibilidade politica partidária, isso vem ocorrendo desdo Governo de Paulo Malufe na Prefeitura até o atual momento e não mudou ate agora.

Por que será?

Anúncios
Esse post foi publicado em Novas Propostas. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s