Desenvolvimento Local como pode existir.

A grande função da historia é observar o passado para criarmos um belo futuro ..

Bom dia a todos, gostaria de salientar que nesse processo vou apenas comentar sobre o desenvolvimento  local no Itaim paulista, pois este projeto é maior do que parece não estou apto a falar sobre este assunto sozinho pois foi apenas um colaborador, e esta ação foi coletiva e gradativa e o grande mérito é do Subprefeito Diorgenes Sandim Martins e dos funcionários da Subprefeito do Itaim Paulista que acreditaram nesse projeto e colaboraram para sua realização que se iniciou a partir de 2007 no Itaim paulista.

Este acima é meu maior professor Diógenes Sandim Martins, Médico Sanitarista

Como participante posso me focar nas áreas de Cultura  e informação na qual fiz parte.

Meu relato:

Em 2006: quando trabalhava no CEU Parque Veredas como Coordenador de Projetos Culturais, nessa época a Subprefeitura iniciava seus novos projetos e realizava muitas reuniões com a comunidade, para ser Sincero não via com bons olhos um Subprefeito de outro Bairro, pois acreditava que sendo da nossa região teria mais facilidade de conhecer nossas necessidades.

Mais gostei do que vi, o subprefeito falava sobre melhorias para região sobre projetos que puderiam existir, serviços e trabalhos que pudessem ser realizados onde as pessoas moram, discutia e explicava novas ideias para melhorias na produtividade dos moradores evitando até 4 horas gastas por dia em condução é difícil uma pessoa na condição de Subprefeito falando com a população sobre esses temas.

Assim conheci um dos maiores parceiros do Itaim Paulista de todos os tempos, pois é isso que pensava também mais em minha área a cultura.

Porque quando existem oficinas Culturais e Projetos eles acabam contratando pessoas do Da Zona Sul, Zona Norte e Oeste e poucas da zona leste, porque os projetos não podem ser discutidos do bairro para as Secretarias, e não só vir prontos para ser executados, porque não perguntar para população o que eles precisão, isso é discutir o desenvolvimento local.

A baixo um pequeno relato de como era visto meu trabalho no Itaim Paulista.

Nas atividades desenvolvidas no CEU sempre pensei no público que deviria ser atingido, que programação criar que tipo de música o publico gosta, conversava muito com entidades, lembro-me que havia uma central de reciclagem logo a baixo da Francisca que “futuramente vou relembrar” quando passava em frete pensava, se fala tanto em reciclagem mais a vida deste pessoal é dura, eles tinham um time de futebol infantil que treinavam na quadra do CEU.

Esse contato e envolvimento trouxe o titulo para o CEU Veredas como o CEU mais aceito de toda São Paulo com 97% de aprovação pela comunidade.

Achar um projeto para o CEU não é fácil, ele teve:

Vindo da Secretaria:

– MM Escola Municipal de musica.

– Iniciação Artística

– Big Band

– A face oculta da MPB

– PI Preriodo Integral

Eu criei e participei alguns desses a baixo:

– Música no CEU “mudou de nome mais ainda existe”
– Educação Ambiental
– Kit CEU
– Mural Cultural
– Informativo do CEU Parque Veredas
– Festival de Talentos do Itaim Paulista

Eu acredito que a discussão das ações culturais para periferia estão além dos discursos  partidarios, é uma ação de politica publica constante e gradativa .

Próximo tema: Desenvolvimento Local como pode existir ” parte 2″

Anúncios
Esse post foi publicado em Novas Propostas. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s